Assaltante que fez casal refém e trocou tiros com a polícia morre no hospital na Capital

Morreu na Santa Casa o assaltante que trocou tiros com a polícia, após invadir uma casa e fazer casal de idosos refém. Ele, que ainda não foi identificado, foi atingido por três disparos, no pescoço, tórax e abdômen. Três bandidos invadiram a residência, por volta das 8h de hoje (3), na Rua Santa Amélia, na […]

Comentar
Compartilhar
03 nov 2016 Por Campo Grande News 9h00
300x225-811f2f53fb2581861e87b730888b2f7d

Um dos bandidos preso na viatura da Polícia Militar. (Foto: Marina Pacheco)

Morreu na Santa Casa o assaltante que trocou tiros com a polícia, após invadir uma casa e fazer casal de idosos refém. Ele, que ainda não foi identificado, foi atingido por três disparos, no pescoço, tórax e abdômen.

Três bandidos invadiram a residência, por volta das 8h de hoje (3), na Rua Santa Amélia, na Vila Carvalho, em Campo Grande.

As primeiras informações dão conta que os assaltantes renderam uma das vítima no portão. O filho do casal, que estava em outro cômodo do imóvel, ouviu o choro da mãe, desconfiou da situação e pediu ajuda por um grupo de WhatsApp.

“Ele mandou mensagem dizendo: ‘estamos sendo assaltados’. Pediu ajuda e enviou a localização”, disse um amigo da família. Um coronel da PM, que faz parte do grupo, viu o pedido e acionou as viaturas.

No local, os ladrões receberam a tiros a equipe da Polícia Miliar, que reagiu. Um dos suspeitos foi baleado e socorrido até uma unidade de saúde, onde morreu. Os dois comparsas do homem, um deles com uniforme de uma empresa, foram presos.

 

Colunas

Contraponto