Azambuja diz que Puccinelli deveria pedir desculpas aos corumbaenses e não votos

Corumbá (MS)- A reta final das eleições municipais vem esquentando o clima não apenas entre os candidatos à prefeitura de Corumbá como também dos aliados aos adversários políticos da terceira maior cidade do Estado. O novo capitulo dos bastidores políticos foi revelado na noite desta sexta-feira (23), durante a realização do comício do candidato do […]

Comentar
Compartilhar
24 set 2016 Por Erik Silva 8h30
comicio3

Azambuja disse que ex-governador deveria pedir desculpas ao povo corumbaense / Foto: Erik Silva

Corumbá (MS)- A reta final das eleições municipais vem esquentando o clima não apenas entre os candidatos à prefeitura de Corumbá como também dos aliados aos adversários políticos da terceira maior cidade do Estado. O novo capitulo dos bastidores políticos foi revelado na noite desta sexta-feira (23), durante a realização do comício do candidato do PSDB, Ruiter Cunha de Oliveira, que conta com o apoio e a presença do atual governador do estado Reinaldo Azambuja. O discurso do líder tucano, rebateu segundo ele, as críticas elencadas pelo ex-governador André Puccinelli feitas ao seu correligionário na noite anterior, em um evento em que teria participado para angariar apoio ao atual prefeito e candidato à reeleição Paulo Duarte.

Em sua fala, Reinaldo disse que Puccinelli ao invés de vir a cidade pedir votos, deveria vir pedir desculpas pelo esquecimento político imposto a região pantaneira durante os oito anos em que esteve à frente do governo estadual.

“O que o ex-governador veio aqui fazer ontem, ele devia ter vindo aqui em Corumbá pedir desculpas para vocês corumbaenses pelos anos em que ele governou e muito pouco fez por esta cidade, não vir aqui subir em um palanque e falar mal de você (Ruiter), até porque ele não tem que falar mal, ele tem que pedir desculpas a sua cidade porque durante os oito anos em que você foi prefeito dessa cidade, seis anos, ele era o governador e não te ajudou em nada, pelo contrário, prejudicou e muito, tirou o ICM de Corumbá, prejudicou a cidade, tirou daqui coisas que deveriam ter vindo, e isso gente, a gente não deve fazer, política é uma coisa que nós somos do PSDB, aqui nesse palanque, tem homens e mulheres de vários partidos, e partido é importante, mas o Brasil quase foi para o fundo do poço porque eles esqueceram de governar para as pessoas e resolveram governar para o partido e o Brasil afundou na maior crise dos últimos anos e é por isso que quero pedir a vocês, é importante sim essa aliança do governo com o Ruiter porque ele sendo prefeito, ele vai ter um governador amigo, parceiro da cidade, comprometido com o desenvolvimento e nós juntos vamos fazer aqui, investimentos para melhorar a vida de vocês, tem gente sofrida aqui nessa cidade e que precisa realmente de investimentos e da nossa parceria ”, declarou.

O ex-governador cumpriu agenda política na região na noite desta quinta-feira (22), onde participou de reunião com candidato do PMDB à prefeitura de Ladário e em seguida teria participado de reunião política em Corumbá, onde o partido apoia a candidatura a reeleição do atual prefeito Paulo Duarte.

Ouça:

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto