Campanha 16 Dias de Ativismo será aberta nesta sexta-feira em Corumbá

A abertura da campanha acontece nesta sexta-feira, 25, data em que é celebrado o Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres

Comentar
Compartilhar
24 nov 2016 Por Erik Silva 11h20

Corumbá abre nesta sexta-feira, 25, a Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher. As atividades estão a cargo da Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania, e serão coordenadas pela Gerência de Políticas para a Mulher e pelo Centro de Referência de Atendimento a Mulher em Situação de Violência (CRAM), em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e a Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência.

A campanha acontece no período de 25 de novembro a 10 de dezembro e visa fortalecer o diálogo entre as autoridades e a sociedade, em busca do rompimento das situações de violência com que as mulheres vivem no seu dia-a-dia.

A campanha será aberta nesta sexta com uma panfletagem às 09 horas na Rua Frei Mariano esquina com a Treze de Junho. Já no dia 29 acontece uma Roda de Conversa ”Violência contra a Mulher Negra”, às 08 horas, no auditório do IPHAN, com as presenças da Defensora Pública Camila Frausino; Ednir de Paulo (do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e Presidente do IMNEGRA), e Creuza da Matta, professora de História e Geografia).

No dia 09 de dezembro, das 08 às 11 horas, está marcado o Encontro da Rede de Atendimento à Mulher no Plenário do Júri do Fórum da Comarca de Corumbá, com participação do Defensor de Atendimento à Mulher Edimilson Barbosa Ávila; secretária Roseane Limoeiro, de Educação, e da major Katiane Almeida, da Policia Militar.

A campanha

Realizada desde 1991, em 180 países, a campanha busca estabelecer um elo simbólico entre violência contra as mulheres e direitos humanos, enfatizando o fortalecimento da autoestima da mulher e seu empoderamento como condições para romper com as situações de violência. Por essa razão, no Brasil, a campanha adota como slogan “Uma vida sem violência é um direito das mulheres!”.

16 Dias

Os movimentos feministas e de mulheres escolheram o período compreendido entre os dias 25 de novembro e 10 de dezembro, como marco da campanha, justamente devido às quatro datas significativas na luta pela erradicação da violência contra as mulheres e garantia dos direitos humanos, inseridas nestes 16 dias.

A abertura da campanha acontece nesta sexta-feira, 25, data em que é celebrado o Dia Internacional da Não-Violência contra as Mulheres. Já o encerramento, em 10 de dezembro, marca o Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Durante este período, a campanha lembra o Dia Mundial de Combate à Aids, em 1º de dezembro, bem com o Dia do Massacre de Mulheres de Montreal, que fundamenta a Campanha Mundial do Laço Branco: “Homens pelo fim da violência contra a mulher”, que acontece no dia 06 de dezembro.

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Leia Também

Colunas

Contraponto