Cia Dançurbana apresenta espetáculo ‘FLUZZ’ dia 18 de novembro em Corumbá

Além das apresentações, a Cia também ministra uma oficina de Danças Urbanas gratuita na cidade.

Comentar
Compartilhar
16 nov 2016 Por Erik Silva 9h33
Grupo realiza oficina gratuita em Corumbá / Foto: Helton Pérez

Grupo realiza oficina gratuita em Corumbá / Foto: Helton Pérez

Um espetáculo que conecta a dança e a tecnologia, engloba as danças urbana e contemporânea com a técnica da improvisação e,  apresenta uma trilha sonora exclusiva, assim é ‘FLUZZ’, o mais novo e inovador espetáculo da Cia Dançurbana, que será apresentado no dia 18 de novembro de 2016, às 15h e às 20 horas, no Anfiteatro Salomão Baruki, em Corumbá-MS, com entrada gratuita.

Como o nosso corpo se relaciona com a tecnologia? Diante de uma sociedade cada vez mais ‘conectada’, nasceu a ideia de criar um espetáculo que pudesse promover o diálogo sobre o tema. “Nossa pesquisa está diretamente ligada sobre como o corpo se comporta diante da tecnologia, como ele tem que fazer modificações para se adaptar a isso. Nos baseamos em diferentes aspectos da tecnologia: interação, participação, mídia sociais, entre outros. E nos inspiramos no autor Augusto de Franco, escritor e investigador da ‘Nova Ciência das Redes’, pesquisador que guiou nossos estudos, criação e nome do espetáculo”, conta Marcos Mattos, diretor e coreógrafo da companhia.

Em ‘FLUZZ’ o corpo é o ponto de partida que aponta para diferentes direções, pois o caminho é o próprio fluxo. No palco, técnicas de danças urbanas, dança contemporânea e improvisação são utilizadas pelos seis intérpretes-criadores para tecer uma rede de conexões. O corpo é o grande comunicador entre pessoas. É pele, sensação, carne, gesto, medo, posição, lugar, espaço.

Os corpos dos intérpretes assumem diferentes formas. Passeiam pela desconstrução do que já existe, desafiam o tempo-espaço, navegam pelo real e o imaginário. Os movimentos são diálogos em rede e buscam entrelaçar o atemporal.  As conexões entre os corpos e o meio abrem inúmeras possibilidades de interações e transformações.

A trilha sonora será construída ao vivo, conforme o olhar do VJ Reginaldo Borges Soares, por isso cada apresentação de ‘FLUZZ’ terá uma trilha exclusiva. Outro aspecto que torna cada sessão do espetáculo única é a improvisação, técnica que também será aplicada em cena. “O público verá cenas improvisadas e cenas coreografadas. Até por conta de uma referência muito grande das redes, do fluxo que se cria, da relação tempo e espaço, a improvisação tem muito disso, é aqui e, agora, as redes também tem isso, tem aquele aplicativo, por exemplo, em que você manda uma imagem que depois de certo tempo é apagada’, acrescenta Marcos.

Outro destaque é o figurino, baseado em jogos, videogame e também na ideia dos ‘recortes’. “Dentro de um experimento que fizemos com um smartphone, percebemos que nós, enquanto usuários, sempre fazemos um recorte daquilo que queremos ver e nos inspiramos neste hábito para a concepção do figurino”, completa.

Este espetáculo foi criado por meio da Lei Rouanet, conta com o patrocínio de O Boticário na Dança, Eletrobras Furnas e Digitho Brasil e, apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, da Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei) e da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS). A Cia Dançurbana foi a primeira companhia de dança sul-mato-grossense a conquistar o concorrido edital de O Boticário na Dança. Em uma circulação estadual, ‘FLUZZ’ já foi apresentado em Campo Grande-MS, Dourados-MS e Três Lagoas-MS e, agora chega a Corumbá-MS.

Para Marcos, os patrocínios e apoios são um reconhecimento do trabalho que a companhia vem realizando desde 2002: “A Cia Dançurbana sempre foi vislumbrando um lugar e pensando no aperfeiçoamento técnico e estético de seu elenco e de suas produções, como um todo. O olhar sensível dos patrocinadores e apoiadores potencializa a produção do artista, da companhia, tira-nos do lugar comum. Estamos nos conectando com o mundo”.

Oficina

Durante sua passagem pela cidade, a Cia Dançurbana também realizará uma oficina de Danças Urbanas, que acontece durante dois dias: no dia 17 de novembro, das 14h às 18 horas e, no dia 18, das 8h às 12 horas, na Oficina de Dança de Corumbá, localizada na rua Antônio João, centro. As inscrições devem ser feitas pela fanpage da companhia ‘Cia Dançurbana’: www.facebook.com/paginadancurbana.

Serviço: As apresentações do espetáculo ‘FLUZZ’, da Cia Dançurbana, acontecem no dia 18 de novembro de 2016, às 15h e às 20 horas, no Anfiteatro Salomão Baruki, na rua Poconé, Universitário, em Corumbá-MS. Os ingressos são gratuitos. Mais informações (67) 99287-6433, pela fanpage www.facebook.com/paginadancurbana e pelo site www.dancurbana.com.br.

As informações são da Assessoria de Imprensa.

 

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Leia Também

Colunas

Contraponto