Em festa santa, homem mata companheira porque ela dançava

Gean Pereira da Silva, de 32 anos, foi preso em flagrante. Crime com requinte de crueldade ocorreu ontem, durante festa em comemoração ao Dia de Nossa Senhora Aparecida, em fazenda, na cidade de Figueirão. Mônica Rodrigues dos Santos, de 44 anos, foi assassinada com golpes de faca no pescoço, pelo companheiro Gean Pereira da Silva, […]

Comentar
Compartilhar
13 out 2016 Por Correio do Estado 10h33

Gean Pereira da Silva, de 32 anos, foi preso em flagrante.

casal

Casal tinha histórico de violência dentro de casa, conforme declarações – Foto: Arquivo pessoal

Crime com requinte de crueldade ocorreu ontem, durante festa em comemoração ao Dia de Nossa Senhora Aparecida, em fazenda, na cidade de Figueirão. Mônica Rodrigues dos Santos, de 44 anos, foi assassinada com golpes de faca no pescoço, pelo companheiro Gean Pereira da Silva, de 32 anos. O homem, segundo testemunhas, agiu enciumado porque a vítima dançava.

De acordo com informações do portal Edição de Notícias, Gean não gostou de ver a esposa, que trabalha como comerciante, dançando com amigos e, enciumado, iniciou discussão. Em seguida, partiu para cima da vítima desferindo várias facadas, na região do pescoço.

Mônica foi socorrida e levada para hospital, no entanto não resistiu aos ferimentos. Gean foi imobilizado por seguranças da festa até a chegada de policiais militares e preso em flagrante. O casal tinha histórico de violência doméstica, conforme testemunhas.

Gean, que é auxiliar de serviços gerais, está preso na delegacia de Polícia Civil de Camapuã à disposição da Justiça.

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto