Em reunião com autoridades policiais, taxistas pedem ações contra transporte ilegal de passageiros

Uma nova reunião com as presenças do Consul da Bolívia e do Brasil está marcada para o dia 14 de dezembro

Comentar
Compartilhar
25 nov 2016 Por Erik Silva 9h47
Reunião foi realizada nesta quinta-feira  / Foto: Divulgação

Reunião foi realizada nesta quinta-feira / Foto: Divulgação

Corumbá (MS)- Representantes do Sindicato dos Taxistas de Corumbá e Ladário reforçaram o pedido de ações de combate ao transporte clandestino de passageiros na fronteira, às autoridades policiais do Brasil e da Bolívia. A reunião ocorreu na manhã desta quinta-feira (24), nas instalações do comando do 6º BPM de Corumbá e contou com as presenças do comandante da corporação, Tenente Coronel QOPM César Freitas Duarte, juntamente com o Comandante da Fronteira Policial Coronel Hugo Justiniano Anez, (Puerto Soares, Puerto Quijarro, Arroyo Concepcion e El Carmen), e Major Menezes (Chefe do Departamento de Trânsito da Bolívia).

Na oportunidade o presidente do sindicato dos taxistas, Claudio Reis Rodrigues (Amaral), reforçou os pedidos de cooperação no sentido de unir forças para combater o transporte clandestino de passageiros, especialmente realizado por taxistas bolivianos dentro dos limites dos municípios de Corumbá e Ladário. Segundo ele, a ação clandestina coloca atrapalha a boa prestação dos serviços pelos companheiros brasileiros, além de contribuírem para a formação de uma visão negativa de turistas que utilizam este tipo de serviço de má qualidade oferecido na cidade.

Amaral destacou o comprometimento e esforço do comandante da PM em Corumbá no sentido de buscar entendimento junto às autoridades bolivianas para solucionar o problema. Uma nova reunião foi acordada para o dia 14 de dezembro, com a participação do Consulado Brasil/Bolívia e autoridades dos dois municípios fronteiriços e imprensa.

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Leia Também

Colunas

Contraponto