Escolas de todo Estado param em protesto nacional dos professores

Com paralisação, alunos só voltarão a ter aulas daqui a cinco dias, na quarta

Comentar
Compartilhar
11 nov 2016 Por Correio do Estado 8h27

capa

Professores de escolas municipais e estaduais de Mato Grosso do Sul aderiram à paralisação nacional e milhares de alunos estão sem aula nesta sexta-feira (11). a manifestação faz parte de Greve Geral que tem objetivo de protestar contra ações do Governo Federal que congelam gastos do poder público e também em defesa à lei da piso.

De acordo com a Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), a decisão do Estado aderir ao movimento foi tomada em assembleia realizada no dia 27d e outubro. O Sindicato Campo-Grandense dos Professores (ACP) também participa do protesto.

Em Campo Grande, os professores se concentram na Praça do Rádio Clube, no Centro, durante a manhã e à tarde estão previstas audiências e também atos de rua em todo o Estado.

Além da Capital, estão marcados protestos em praças centrais em outras 13 cidades do Estado, são elas Ponta Porã, Dourados, Aquidauana, Fátima do Sul, Mundo Novo, Três Lagoas, Paranaíba, Coxim, Nova Andradina, Jardim, Corumbá, Amambai e Sete Quedas.

Com a paralisação, os alunos de Mato Grosso do Sul só voltarão a ter aulas na quarta-feira, daqui a cinco dias, em razão do feriado da Proclamação da República, na próxima terça.

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto