Galos de briga que seriam levados para Corumbá são apreendidos pela PMA na BR-262

Um homem de 32 anos foi flagrado transportando 14 galos de briga em situação de maus-tratos, neste sábado (8), em Miranda, no Pantanal de Mato Grosso do Sul. Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), o suspeito foi multado em R$ 14 mil e vai responder pelo crime ambiental. O flagrante foi feito pela Polícia Rodoviária […]

Comentar
Compartilhar
10 out 2016 Por Redação 10h25
Animais seriam levados para Bolívia / Foto: Divulgação PMA

Animais seriam levados para Bolívia / Foto: Divulgação PMA

Um homem de 32 anos foi flagrado transportando 14 galos de briga em situação de maus-tratos, neste sábado (8), em Miranda, no Pantanal de Mato Grosso do Sul. Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), o suspeito foi multado em R$ 14 mil e vai responder pelo crime ambiental.

O flagrante foi feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-262. Conforme a PMA, os animais tiveram as esporas removidas e alguns tinham ferimentos e também estavam com pés amarrados e corpo e cabeça enrolados em tecidos. Eles estavam acondicionados na carroceria e cabine do veículo conduzido pelo suspeito.

Além disso, as aves estavam dentro de pequenas caixas com restrição de movimentos, privação de luz e circulação aérea inadequada, o que caracteriza crime de maus-tratos.

Os animais e o veículo foram apreendidos. O homem afirmou à polícia que as aves seriam levadas para Corumbá, onde seriam entregues a uma pessoa desconhecida.

O suspeito foi detido e conduzido à delegacia de Polícia Civil de Miranda, onde foi autuado por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena para o crime é de três meses a um ano de detenção. Depois de assinar termo circunstanciado de ocorrência, foi liberado. Os galos serão entregues para uma pessoa que tem espaço apropriado para criação.

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto