Governo lança nesta segunda o 13º Festival América do Sul Pantanal que será de 11 a 14 de novembro

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) e da Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (SECTEI), lança o 13o Festival América do Sul Pantanal nesta segunda-feira (24), às 9h, no auditório da Governadoria, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. […]

Comentar
Compartilhar
24 out 2016 Por Noticias MS 7h17
13ª edição do Festival América do Sul Pantanal acontece entre os dias 07 e 10 de setembro / Foto: Arquivo

13ª edição do Festival América do Sul Pantanal acontece entre os dias 11 e 14 de novembro / Foto: Arquivo

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) e da Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (SECTEI), lança o 13o Festival América do Sul Pantanal nesta segunda-feira (24), às 9h, no auditório da Governadoria, no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

O 13o Festival América do Sul Pantanal (FASP) acontece de 11 a 14 de novembro de 2016 em Corumbá (foto), na fronteira com a Bolívia, e terá mais de 15 horas diárias de atrações das mais variadas manifestações culturais.

Envolvendo aproximadamente 500 pessoas entre artistas, artesãos, produtores, agentes e técnicos culturais de diversos estados do Brasil e de mais 6 países – Paraguai, Bolivia, Uruguai, Chile, Peru e Argentina – o FASP contabiliza mais de 60 atrações entre shows musicais, espetáculos de dança, teatro, circo, mostras de artes visuais, artesanato, audiovisual, saberes indígenas, palestras, mesas-redondas, lançamentos de livros, oficinas, fomento à economia criativa, formação e capacitação cultural, arte educação, cultura popular, ciência e tecnologia, inovação, esportes e turismo.

Durante o lançamento serão anunciadas as atrações que comporão os quatro dias da agenda rica e variada do Festival, algumas delas inéditas no Mato Grosso do Sul, revelando a expressão da arte contemporânea sul-americana.

O secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Renato Roscoe, sublinha que o FASP terá uma programação gratuita para todas as idades, oportunizando o acesso democrático à cultura: “O FASP estará em praças e ruas de bairros das cidades brasileiras de Corumbá e Ladário e das bolivianas Puerto Quijarro e Puerto Suárez, rompendo fronteiras, promovendo o intercâmbio cultural e proporcionando cultura a todas as classes sociais”.

Andréa Freire, diretora-presidente da FCMS, destaca que o FASP é “um evento de congraçamento dos povos sul-americanos, reverenciando a pluralidade cultural que permeia nossas fronteiras e constrói identidades seculares, que ao longo do tempo se reinventam”.

Após o lançamento, a programação do FASP estará disponível no site www.festivalamericadosulpantanal.com, na fanpage FestivalAmérica doSulPantanal, além de ser distribuída em livretos e folhetos.

Colunas

Contraponto