Homem baleado ao invadir aeroporto tinha fugido da Máxima em agosto

Bruno Quadro Neves, de 28 anos, baleado ao invadir a pista do Aeroporto Internacional de Campo Grande na tarde de sábado (1), enquanto fugia polícia, era fugitivo do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande. Com o rapaz, que é de origem paraense, a Polícia Militar ainda encontrou cerca de R$ 3,2 mil em […]

Comentar
Compartilhar
02 out 2016 Por Campo Grande News 9h34

300x225-46dd31eb646dbbbd7800f23677ece856Bruno Quadro Neves, de 28 anos, baleado ao invadir a pista do Aeroporto Internacional de Campo Grande na tarde de sábado (1), enquanto fugia polícia, era fugitivo do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande. Com o rapaz, que é de origem paraense, a Polícia Militar ainda encontrou cerca de R$ 3,2 mil em dinheiro.

A ação – Bruno seguia em uma motocicleta CG 150 Fan, de cor cinza no sentido centro/ bairro, quando notou a presença de um policial militar atrás dele, na Avenida Duque de Caxias. O rapaz se assustou e tentou fugir, desrespeitando inclusive, cruzamento com fiscalização eletrônica na avenida.

Houve perseguição, quando o rapaz parou a moto e tentou fugir a pé pela Duque de Caxias. Bruno pulou o alambrado que cerca a pista de pouso e decolagem do aeroporto e teria ameaçado com uma faca o policial militar.

Por pelo menos três vezes o agente teria pedido para que o homem soltasse a faca, sem sucesso. Bruno levou um tiro na altura da cintura, foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e levado consciente para a Santa Casa de Campo Grande.

Com ele foram encontrados R$ 3,2 mil em dinheiro. O rapaz também não estava com os documentos pessoais. De acordo com a polícia Bruno veio foragido do estado do Pará, quando foi preso em Mato Grosso do Sul e levado para o presídio de segurança máxima da Capital.

No dia 19 de agosto deste ano ele pulou o muro que cerca o presídio e desde então estava sendo procurado pela polícia. Bruno continua internado na Santa de Campo Grande onde dois policiais fazem sua escolta

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto