Ladarense é o novo prefeito de Bandeirantes

Vitória ‘milagrosa’ Santo de casa não faz milagre, reza o ditado popular. Embora o candidato ladarense a prefeito de Ladário, Roberto Guimarães, e seu parceiro, Diácono Victor Urt, usassem como bandeira o lema “Filhos de Ladário, gente deste chão”, os eleitores responderam com discretos 422 votos. A vitória foi do candidato Carlos Anibal Ruso, com […]

Comentar
Compartilhar
03 out 2016 Por Nelson Urt 9h42

Vitória ‘milagrosa’

Álvaro Urt durante a campanha para prefeito em Bandeirantes / Navepress

Álvaro Urt durante a campanha para prefeito em Bandeirantes / Navepress

Santo de casa não faz milagre, reza o ditado popular. Embora o candidato ladarense a prefeito de Ladário, Roberto Guimarães, e seu parceiro, Diácono Victor Urt, usassem como bandeira o lema “Filhos de Ladário, gente deste chão”, os eleitores responderam com discretos 422 votos. A vitória foi do candidato Carlos Anibal Ruso, com 4281 votos, 50% dos 8546 votos válidos.

O curioso é que o santo de casa que, de fato, fez milagre nestas eleições em Mato Grosso do Sul estava a quilômetros de distância, com nome, sobrenome e certidão de nascimento ladarenses: Álvaro Urt. Ele foi eleito prefeito da cidade de Bandeirantes com uma vitória por apenas 35 votos de vantagem sobre seu maior concorrente, Márcio Faustino, que tentava a reeleição. O ladarense de 63 anos, produtor agropecuário, contabilizou 1539 votos contra 1504 do seu rival.

Márcio, Marta e Álvaro Urt (em pe), Maria e Varito (abaixo) em Campinas, 1977

Este sim, um “milagre” que seus familiares, amigos e eleitores creditam à sua luta incansável durante a campanha e às bênçãos de Nossa Senhora Aparecida, padroeira de Bandeirantes. Polo agropecuário ao lado da BR-163 e em torno de Camapuã, Rochedo, Jaraguari e Corguinho, a próspera Bandeirantes fica a 70 km de Campo Grande, conta com menos de 7 mil habitantes, IDH alto, de 0,73,e vai completar em novembro 53 anos de fundação.

Ainda adolescente, Álvaro e sua família deixaram Ladário ao lado da família para uma nova vida em Sumaré, na grande Campinas, e ao voltar formado a Mato Grosso do Sul seguiu o caminho da política e da pecuária. Pertence a um dos ramos da família Urt, que aportou de navio em Ladário há 103 anos, vinda de Jerusalém, na Palestina, trazendo os irmãos Isaac, Jamil, Abdo e Isaías. Filho de Maria e Varito Urt, neto de Margarida e Isaac Urt, ele também brincou nas ruas de terra da 14 de Março, onde nasceu e cresceu, ao lado dos irmãos Márcio, hoje pecuarista em Campo Grande, e da irmã Marta, que se casou e foi morar nos Estados Unidos.

Dos EUA e outros tantos pontos onde existam parentes e admiradores de Álvaro agora chegam, via facebook, centenas de saudações ao único ladarense eleito nas disputas para prefeito em Mato Grosso do Sul. Pela coligação União, Respeito e Trabalho (DEM, PMN, PEN), Álvaro apresentou um plano de governo que pretende transformar Bandeirantes em uma das principais cidades do Estado em qualidade de vida e desenvolvimento socioeconômico.

Colunas

Contraponto