Marinha e Exército dão inicio a Operação Fronteira Sul nesta quinta-feira

Iniciada na manhã desta quinta-feira (6), a operação “Fronteira Sul”, que vai aplicar um efetivo de mais de 2 mil militares em operação de treinamento na região Sul do estado. De acordo com a assessoria de comunicação o 6º Distrito Naval, nesta quinta-feira foi dada a partida dos navios subordinados ao Comando da Flotilha de […]

Comentar
Compartilhar
06 out 2016 Por Erik Silva 11h09
Operação teve inicio na manhã desta quinta-feira / Foto: Divulgação Ascom 6ºDN

Operação teve inicio na manhã desta quinta-feira / Foto: Divulgação Ascom 6ºDN

Iniciada na manhã desta quinta-feira (6), a operação “Fronteira Sul”, que vai aplicar um efetivo de mais de 2 mil militares em operação de treinamento na região Sul do estado. De acordo com a assessoria de comunicação o 6º Distrito Naval, nesta quinta-feira foi dada a partida dos navios subordinados ao Comando da Flotilha de Mato Grosso em direção a Porto Murtinho, após o embarque de 137 militares do Exército Brasileiro para o posterior desembarque administrativo na região de Porto da Manga, a fim de realizarem ações relativas à Operação daquela Força Terrestre, denominada Operação “Ricardo Franco”.

Durante este primeiro dia de travessia da Operação, os navios também realizaram exercícios individuais de reação rápida; ações de Inspeção Naval nas embarcações e comboios no Rio Paraguai; ações de reconhecimento aéreo; e ações de defesa antiaérea devido à investida simultânea de duas aeronaves da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro.

A Operação “Fronteira Sul”, que ocorrerá até o dia 21 de outubro, de forma simultânea e completar com a Operação “Ricardo Franco”, contando também com a execução da Operação Ribeirinha, Ações de Assistência Hospitalar e Levantamento Hidrográfico. O objetivo é incrementar e aperfeiçoar o nível de adestramento das Organizações Militares, levar assistência médica e odontológica à população ribeirinha, fiscalizar o tráfego aquaviário e aumentar a segurança da navegação no Rio Paraguai.

Além de navios, aeronaves, lanchas e viaturas, a Marinha conta com o apoio de embarcações, aeronave e tropas do Exército Brasileiro, totalizando o envolvimento de 860 militares na Operação Naval.

As ações de Assistência Hospitalar, como atendimento médico e odontológico, serão realizadas nos períodos de 8 a 10 e 15 a 17 de outubro, no período de 8h às 17h, em Porto Murtinho.

Nos dias 8, 9, 15 e 16 de outubro, no período de 13h às 18h, os navios que participam da Operação estarão abertos à visitação pública, também naquela cidade.

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto