Militares participam de instrução de tiros em Forte Coimbra

Os navios Monitor “Parnaíba”, Navio-Transporte de Tropa “Paraguassu” e os Navios-Patrulha “Piratini” e “Poti”, subordinados ao Comando da Flotilha de Mato Grosso, realizaram nesta quinta-feira (6), exercícios de tiro com canhão de 76 mm, canhões de 40 mm e metralhadoras de 20 mm, na região de Forte de Coimbra. Simulação Neste segundo dia da Operação […]

Comentar
Compartilhar
07 out 2016 Por Erik Silva 10h30
Militares participam de exercício próximo ao Forte Coimbra / Foto: Divulgação

Militares participam de exercício próximo ao Forte Coimbra / Foto: Divulgação

Os navios Monitor “Parnaíba”, Navio-Transporte de Tropa “Paraguassu” e os Navios-Patrulha “Piratini” e “Poti”, subordinados ao Comando da Flotilha de Mato Grosso, realizaram nesta quinta-feira (6), exercícios de tiro com canhão de 76 mm, canhões de 40 mm e metralhadoras de 20 mm, na região de Forte de Coimbra.

Simulação

Neste segundo dia da Operação “Fronteira Sul”, as ações de Tiro Real de Superfície visaram à destruição do Parque de Antenas disponíveis para o Figurativo Inimigo, sendo completamente destruído, especialmente pela precisão do canhão de 76 mm do Parnaíba, onde o alvo selecionado foi enquadrado com precisão. Ainda nesta quinta-feira, a Força Naval realizou esclarecimento aéreo, visando conhecer a provável posição da ameaça de superfície, ainda existente entre Forte Coimbra e a cidade de Porto Murtinho.

Ademais, os navios realizaram os seguintes exercícios imprevistos: Transferência de Combustível, Reboque e Evacuação Médica para o Navio Hospital “Tenente Maximiano”, além da rotineira Inspeção Naval nas embarcações e comboios na calha do Rio Paraguai.

A Operação Fronteira Sul foi desencadeada com a participação de militares da Marinha e do Exército e será realizada até o dia 25 na região sul do estado. (Com informações Ascom 6ºDN).

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto