Mulher mata grávida de 15 anos, retira feto do útero e foge

Corpo da vítima foi achado dentro de tambor no quintal da casa da suspeita. Antes de fugir, mulher disse ao marido que foi agredida pela adolescente. A Polícia Civil procura uma mulher suspeita de esfaquear e matar uma adolescente grávida de oito meses no Jardim Bela Vista em Pitangueiras (SP). Consta no boletim de ocorrência […]

Comentar
Compartilhar
13 out 2016 Por G1 10h48

Corpo da vítima foi achado dentro de tambor no quintal da casa da suspeita.
Antes de fugir, mulher disse ao marido que foi agredida pela adolescente.

políciaA Polícia Civil procura uma mulher suspeita de esfaquear e matar uma adolescente grávida de oito meses no Jardim Bela Vista em Pitangueiras (SP). Consta no boletim de ocorrência que, após o crime, a mulher abriu o abdômen da vítima com a faca e retirou o feto do útero.

O corpo da jovem, de 15 anos, foi achado pelo marido da suspeita, dentro de um tambor de plástico, no quintal da casa da família, no fim da tarde de quarta-feira (12). O feto estava no banheiro da residência, próximo a um saco de lixo, onde estava parte do útero.

Os corpos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Barretos (SP). O motivo do crime ainda não foi esclarecido. O caso foi registrado como homicídio e “aborto provocado por terceiro, sem o consentimento da gestante”.

Segundo o registro da polícia, a suspeita, de 25 anos, confeccionava enxovais de bebê e esteve na casa da vítima na tarde quarta-feira, convidando-a para ir até sua residência. O marido disse que viu as duas chegando ao local, mas saiu em seguida para ir até um bar.

Ao voltar, horas depois, se deparou com a mulher lavando o quintal, mas não desconfiou de nada. O homem contou, em depoimento, que “entrou e pegou sua carteira, e saiu sem perceber nada, que não viu nem desconfiou que tivesse acontecendo alguma coisa”.

Mais tarde, quando retornou para casa, encontrou a mulher na calçada, visivelmente nervosa. Ela contou que as duas se desentenderam e que a adolescente a agrediu com arranhões. A suspeita pegou então uma faca e golpeou a jovem no abdômen.

Após a conversa, a mulher fugiu. O marido foi até o imóvel, encontrou os corpos e chamou a Polícia Militar. Peritos estiveram no local e a Polícia Civil ainda não tem pistas da suspeita. Familiares da vítima prestarão depoimento na tarde desta quinta-feira (13).

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto