Na Capital, traficante morre em troca de tiros com equipe da PRF

Antônio Carlos levava quase uma tonelada de maconha em Cruze. Troca de tiros envolvendo equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) acabou na morte de traficante, na noite de ontem, perto do posto de combustíveis Savana, na BR-163, em Campo Grande. O criminoso, identificado como Antônio Carlos da Silva, 30 anos, transportava 880 quilos de maconha […]

Comentar
Compartilhar
27 set 2016 Por Correio do Estado 9h12

Antônio Carlos levava quase uma tonelada de maconha em Cruze.

maconha6

Carga de maconha que traficante morto levava pesou 880 quilos, segundo a polícia – Foto: Divulgação

Troca de tiros envolvendo equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) acabou na morte de traficante, na noite de ontem, perto do posto de combustíveis Savana, na BR-163, em Campo Grande. O criminoso, identificado como Antônio Carlos da Silva, 30 anos, transportava 880 quilos de maconha e foi morto depois de resistir à abordagem.

Consta em Boletim de Ocorrência que policiais receberam denúncia de que motorista de automóvel do modelo Cruze havia saído de região de fronteira transportando entorpecente e armas e passaria pelo posto da PRF na Capital.

Policiais montaram barreira de fiscalização e, ao notarem a aproximação do Cruze, deram ordem de parada ao condutor. Antônio que estava na direção não obedeceu e fugiu atirando. Policiais rodoviários federais revidaram com outros disparos. Houve perseguição e alguns quilômetros depois, perto do posto Savana, o traficante abandonou o carro e entrou em meio a matagal.

Segundo policiais, Antônio foi localizado na área de vegetação e continuou com a troca de tiros. Até que, de repente, parou de atirar. Militares do Batalhão de Choque foram chamados para dar apoio no caso e, em buscas pelo matagal, encontraram Antônio baleado.

O homem foi socorrido e levado ao Hospital Regional, no entanto não resistiu. O carro que ele dirigia era roubado e estava carregado com 880 quilos de maconha. Junto de Antônio, que era natural de Goiás, foi apreendido revólver calibre 38.

 

Colunas

Contraponto