Novo chefe da Embrapa Pantanal anuncia abertura e mudanças na gestão

O veterinário Jorge Antonio Ferreira de Lara, novo chefe geral da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), assumiu a Unidade em cerimônia interna realizada nesta segunda (17) pela manhã. Ele substitui a bióloga Emiko Kawakami de Resende, que esteve à frente da Embrapa de Corumbá nos últimos seis anos. Na solenidade interna, Jorge solicitou aos funcionários que sejam […]

Comentar
Compartilhar
19 out 2016 Por Redação 13h20
O novo chefe pretende aproximar ainda mais a Embrapa da sociedade - Foto: Nicoli Dichoff

O novo chefe pretende aproximar ainda mais a Embrapa da sociedade – Foto: Nicoli Dichoff

O veterinário Jorge Antonio Ferreira de Lara, novo chefe geral da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), assumiu a Unidade em cerimônia interna realizada nesta segunda (17) pela manhã. Ele substitui a bióloga Emiko Kawakami de Resende, que esteve à frente da Embrapa de Corumbá nos últimos seis anos. Na solenidade interna, Jorge solicitou aos funcionários que sejam receptivos às mudanças que pretende implantar.

O novo chefe anunciou que pretende aproximar mais a Embrapa Pantanal de seus diversos públicos e solicitou apoio de cada funcionário para essa missão. “Todos devem trazer a sociedade para cá. A Embrapa Pantanal vai se tornar um fórum neutro de discussão sobre o que é o Pantanal”, afirmou.
Outra diretriz anunciada na reunião está ligada à forma de atuação da Unidade. Jorge reforçou: “Nossas decisões serão sempre baseadas em dados técnicos. Nenhuma opinião sai dessa Unidade porque eu acho isso ou acho aquilo. Outra coisa: nós vamos cumprir a lei e ponto final.” Segundo Jorge Lara, além de garantir a idoneidade da organização, essas duas medidas promovem uma atuação útil da Embrapa para a sociedade.
O novo chefe disse ainda que os tempos pedem mudanças e que elas não significam, necessariamente, rupturas. “Significam mudanças. A partir da base que nós temos, precisamos construir como a Embrapa Pantanal vai se inserir na realidade do Pantanal nos próximos anos.”
A ex-chefe Emiko Resende agradeceu todo o apoio que recebeu durante sua gestão e se mostrou otimista com os novos rumos que a organização vai tomar. “Eu espero que vocês continuem nessa trajetória de crescer cada vez mais e melhor”, disse ela aos funcionários ao passar o cargo.
Jorge Lara é graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), é mestre e doutor em Ciência de Alimentos pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e pós-doutor em Biotecnologia Animal pela Universidade de São Paulo (USP/Esalq). Tem formação complementar em gestão de empresas pela Fundação Dom Cabral (2007). Atua na Embrapa Pantanal há 13 anos, sempre na área de Ciência e Tecnologia da Carne.
O mandato dele é de três anos, podendo ser renovado por outros três. A Embrapa Pantanal foi criada em 1975 e tem hoje 129 funcionários que atuam em diversas áreas de pesquisa agropecuária.

Colunas

Contraponto