PMA apreende carreta carregada com agrotóxicos que seguiam para Porto Suarez na Bolívia

Durante fiscalização no município, Policiais Militares Ambientais de Campo Grande apreenderam na BR 163, na tarde de ontem (21), um caminhão Scania com uma carreta acoplada, com carga de agrotóxico ilegal. O veículo pertencente a uma empresa com domicílio jurídico na cidade de Corumbá transportava 28.448 kg de agrotóxicos da marca Betuflex, sem a licença […]

Comentar
Compartilhar
22 set 2016 Por Erik Silva 16h31
Veículo saiu de Paulinia com destino a cidade boliviana de Porto Suarez / Foto: Divulgação PMA

Veículo saiu de Paulinia com destino a cidade boliviana de Porto Suarez / Foto: Divulgação PMA

Durante fiscalização no município, Policiais Militares Ambientais de Campo Grande apreenderam na BR 163, na tarde de ontem (21), um caminhão Scania com uma carreta acoplada, com carga de agrotóxico ilegal. O veículo pertencente a uma empresa com domicílio jurídico na cidade de Corumbá transportava 28.448 kg de agrotóxicos da marca Betuflex, sem a licença ambiental necessária para o transporte do produto. A carga seguia da cidade de Paulínia (SP) para a cidade de Puerto Soares na Bolívia.

O produto perigoso e o veículo foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil – DEPAC, do bairro Piratininga, na Capital. O motorista e os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. Poderão responder por crime ambiental de transporte de produto perigoso, com pena de uma a quatro anos meses de reclusão. A empresa também foi autuada administrativamente e multada em R$ 15.000,00.

https://www.youtube.com/embed/C2slyyXpoVI

Colunas

Contraponto