Prefeitura e Exército intensificam ações de combate ao Aedes aegypti

Os mutirões contarão com participação de militares do Exército Brasileiro, agentes de endemias, agentes de saúde, além de outros servidores da Saúde e também da Educação

Comentar
Compartilhar
30 nov 2016 Por Ascom PMC 13h39
Reunião aconteceu pela manhã na Prefeitura e ações começam na sexta (Foto: Kleverton Velasques)

Reunião aconteceu pela manhã na Prefeitura e ações começam na sexta (Foto: Kleverton Velasques)

Corumbá (MS)- Equipes da Prefeitura de Corumbá e do Exército Brasileiro iniciam na próxima sexta-feira, 02 de dezembro, uma ação integrada de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da zika vírus, febre chikungunya, dengue (1, 2, 3 e 4), além da febre amarela. Serão mutirões semanais de limpeza e também de conscientização da população, que vão ser desenvolvidos em todas as regiões da área urbana.

Os detalhes desta ação foram tratados na manhã desta quarta-feira, 30 de novembro, na Secretaria de Saúde da Prefeitura, durante encontro entre representantes da Saúde, da Educação e do Exército Brasileiro (18ª Brigada de Infantaria, Companhia de Comando e 17º Batalhão de Fronteira).

O chefe do Estado Maior da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, major Ricardo de Andrades Serrazes, informou que a orientação do Ministério da Defesa, repassada pelo Comando Militar do Oeste de Campo Grande, é fazer um trabalho junto com as administrações municipais, para combater os focos de proliferação do Aedes aegypti, evitando os acontecimentos alarmantes ocorridos durante esse ano no País, em 2017.

“Todas as sextas-feiras, do dia 02 de dezembro, até 15 de abril de 2017, vamos estar realizando mutirões na cidade, no sentido de eliminar os focos de proliferação do mosquito, como também de conscientização da população”, explicou, citando que a reunião dessa manhã com a equipe da Prefeitura, foi justamente para traçar uma estratégia de atuação no Município.

A secretária de Saúde, Desiane Silva, considerou importante a intensificação desse trabalho de combate ao Aedes. “Nós já realizamos ações em parceria com o Exército e com a Marinha. Vamos intensificar ainda mais para evitar o que ocorreu no País em 2016. Nossas equipes vão atuar junto com os militares, reforçando ainda mais a parceria com as Forças Militares”, ressaltou.

Os trabalhos vão começar na sexta pelas áreas militares, entre elas a região da Bocaina, passando também pelo bairro Cristo Redentor. Além da limpeza programada para a Bocaina, eliminando focos do mosquito, integrantes das equipes vão estar trabalhando o Cristo, inclusive com uma ação educativa na Escola Municipal José de Souza Damy.

Os mutirões contarão com participação de militares do Exército Brasileiro, agentes de endemias, agentes de saúde, além de outros servidores da Saúde e também da Educação. Serão empregados também caminhões e máquinas pesadas.

O encontro da manhã de hoje contou também com a presença da secretária de Educação, Roseane Limoeiro; do comandante da Companhia de Comando, major Odonias Péricles Alves; do adjunto S3 da Secção de Operações do 17º Batalhão de Fronteira, capitão Daniel Vilhena Amoras, além de integrantes das equipes da Saúde e da Educação.

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto