Sobre duas rodas casal cria food bike para venda de doces finos em Corumbá

Corumbá (MS)- O mercado de alimentação traz oportunidades para todos. E com a nova onda de comida sobre rodas, nomes como Food Truck e Food Bike começam a ser mais conhecidos e deixam de ser empreendimentos vistos apenas na televisão para tomarem conta das ruas em todo país. Em Corumbá, uma iniciativa promete levar para […]

Comentar
Compartilhar
15 set 2016 Por Erik Silva 10h37
Empreendimento foi inaugurado nesta quarta-feira / Fotos: Erik Silva

Empreendimento foi inaugurado nesta quarta-feira / Fotos: Erik Silva

Corumbá (MS)- O mercado de alimentação traz oportunidades para todos. E com a nova onda de comida sobre rodas, nomes como Food Truck e Food Bike começam a ser mais conhecidos e deixam de ser empreendimentos vistos apenas na televisão para tomarem conta das ruas em todo país. Em Corumbá, uma iniciativa promete levar para diversas áreas da cidade os mais deliciosos doces produzidos pela empresa Iris Doces Sabores.

Além da qualidade na produção e ingredientes refinados, outro diferencial será a apresentação do produto, feita sobre duas rodas em uma food bike. O projeto foi idealizado pela proprietária após a visita em uma feira em Campo Grande.

A bicicleta foi feita sob medida e encomendada especificamente para ser uma “mini doceria” com caixa térmica, balcão de exposição, e é claro, um visual diferenciado. A inauguração da Food Bike, foi na tarde desta quarta-feira (14), e com um cardápio recheado dos mais variados doces, já atraiu clientes de várias regiões, amigos e clientes que prestigiaram o início de um projeto promissor.

Concentração de clientes na inauguração da food bike

Concentração de clientes na inauguração da food bike

A ideia é levar a food bike, para as feiras, praças, eventos, festas particulares, mas também fidelizar uma clientela em um ponto fixo. A princípio a comercialização vai ser realizada na rua 13 de junho próximo ao supermercado Atacado Fernandes, mas os empresários já estudam a possibilidade de fixar um ponto entre as ruas Delamare e Frei Mariano. “Estamos tentando autorização para fazer a comercialização em espaços públicos, mas o legal do food bike é a versatilidade e as diversas possibilidades, ao mesmo tempo que podemos fidelizar uma clientela de um ponto fixo, temos a oportunidade de levar nosso negócio para diversas regiões e também em festas particulares”, disse Iris Soares.

 

[huge_it_gallery id=”38″]

 

 

 

Colunas

Contraponto