Você tem até sábado para desativar a integração do WhatsApp com o Facebook

  Está chegando ao fim o prazo dado pelo WhatsApp para desativar a integração do mensageiro com o Facebook, empresa que é dona do aplicativo. Conforme os novos termos do aplicativo, os usuários têm somente até este sábado, dia 24, para impedir o compartilhamento de dados entre os serviços. Quem não realizar o procedimento dentro […]

Comentar
Compartilhar
23 set 2016 Por G1 10h49

 

150115131948_whatsapp_624x351_getty

Está chegando ao fim o prazo dado pelo WhatsApp para desativar a integração do mensageiro com o Facebook, empresa que é dona do aplicativo. Conforme os novos termos do aplicativo, os usuários têm somente até este sábado, dia 24, para impedir o compartilhamento de dados entre os serviços. Quem não realizar o procedimento dentro desse período, automaticamente aceitará a integração e não poderá voltar atrás.

O mesmo acontece com os usuários que criaram conta no WhatsApp após 25 de agosto, data em que a atualização dos termos de serviço foi divulgada. Para estes, não haverá nenhuma opção para impedir a troca de informações.

1mensagem-de-compartilhamento-de-dados-entre-whatsapp-e-facebook

Mensagem de compartilhamento de dados entre WhatsApp e Facebook (Foto: Divulgação/Facebook)

A justificativa do WhatsApp é que a mudança irá melhorar as experiências com anúncios e produtos no Facebook. No novo texto da política de uso, a companhia afirma que a medida ajudará a “combater spam entre os aplicativos, dar sugestões sobre o produto, mostrar anúncios relevantes”. O documento assegura ainda que “o Facebook não usará suas mensagens do WhatsApp por qualquer motivo que não seja nos auxiliar na operação e na execução dos Serviços”.

Como desativar o compartilhamento de dados

Independentemente das intenções do WhatsApp, os usuários que possuem conta anterior ao dia 25 de agosto e não querem que suas informações do mensageiro sejam compartilhadas com o Facebook ainda podem desativar a integração. Para isso, siga os passos abaixo.

Passo 1. Abra o WhatsApp e toque nos três pontinhos para abrir o menu principal. Com as opções expandidas, selecione “Configurações”.

Caminho para acesso às configurações do WhatsApp (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Caminho para acesso às configurações do WhatsApp (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Passo 2. Na tela de configurações, entre em “Conta”. Note que a opção “Compart. dados da conta” está marcada. Dê um toque na caixa de seleção para desmarcá-la.

Destaque para opção de compartilhamento de dados da conta (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Destaque para opção de compartilhamento de dados da conta (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Passo 3. Será aberta uma caixa de mensagem perguntando se você não deseja utilizar os dados da conta do WhatsApp no Facebook. Toque em “Não compartilhar” para confirmar a desativação.

Confirmação da desvinculação do WhatsApp com o Facebook (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Confirmação da desvinculação do WhatsApp com o Facebook (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Passo 4. Por fim, o WhatsApp exibirá uma mensagem informando que os dados da conta não serão usados pelo Facebook.

Mensagem informando que dados não serão enviados ao Facebook (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Mensagem informando que dados não serão enviados ao Facebook (Foto: Reprodução/Raquel Freire)

Compartilhamento de dados é controverso

Além de desagradar grande parte dos usuários, a mudança nos termos de uso suscitou dúvidas em relação à transparência do WhatsApp. Isso porque diversas pessoas relataram ser comum conversar com alguém no mensageiro e logo em seguida o contato aparecer como sugestão no Facebook. O fato pode ser um indício de que o compartilhamento de dados já está ocorrendo mesmo antes do prazo dado pela empresa, o que gera incerteza sobre se a escolha de desativar a integração será respeitada.

Procurado pelo TechTudo, o escritório do WhatsApp no Brasil informou que “quando você opta por não fazer o compartilhamento dos dados, não poderá reverter essa decisão depois”. Ele também esclareceu que “não temos como precisar um horário exato [para o fim do prazo], pois essas atualizações vão rodando e não são automáticas para todo mundo ao mesmo tempo”.

 

https://www.youtube.com/embed/0XKWEpfeHF0

Colunas

Contraponto